Um blogue mal humorado, com aversão ao abominável modismo do "polìticamente correto" (hipòcritamente mal-resolvido). Blogue de um cético convicto, com a própria ortografia.

A Nova Ordem Ecológica

A Nova Ordem Ecológica, do filósofo francês Luc Ferry (Editora Difel, 2009, 250 páginas), é um livro intrigante.

Demonstra o lado perigoso do eco-terrorismo que se imbui diàriamente nas mentes, sobretudo através das ONGs (boa parte delas Muito-Governamentais), e do Jornalismo engajado (e remunerado). Discorre sobre o sério risco de regredirmos a um estado inquisitorial que vigorava antes de termos adquirido, com a Revolução Francesa, os Direitos Humanos, e voltarmos a um direito baseado na Natureza divina.

O autor mostra a obscena ligação entre os Verdes (atuais) e as legislações editadas por Hitler em 1933, 1934 e 1935, algo de que os Verdes não gostam nem um pouco que seja mencionado. Como é que aquele homem, que gostava tanto de animais e da natureza romântica, pôde mandar praticar atos de crueldade contra seres humanos tão marcantes na História?

[Em Fascismo de Esquerda, Jonah Goldberg, Editora Record, 2009, 545 p., há dois subcapítulos sobre Fascismo Verde e A Cultura Nazista do Orgânico, que abordam essa “coincidência”.]

Questiona a posição dos eco-chatos de pleitearem valores e direitos a minerais, por exemplo, tal como já ocorreu, recentemente, nos Estados Unidos. Mas, se os minerais não se manifestam, esses valores e direitos não são gerados a partir de idéias antropocêntricas? Como uma ONG pode saber o que é melhor para um rochedo em uma montanha? Só mesmo com distorcidos valores fundamentalistas.

Nesse princípio radical, uma bactéria tem os mesmos direitos à vida que uma criança.

Aí reside o grande perigo dos Verdes e de todo o movimento ecológico: o fim da democracia, com o ressurgimento, no mundo ocidental, de valores teológico-políticos.

No fundo, fascistas são nossos amiguinhos da esquerda festiva, camuflados de verdes.

[Mais um livro para ser lido. E você que ainda não o fez, procure Aquecimento Global: Ciência ou Religião?, do professor da UnB Gustavo M. Baptista.]

Anúncios

Comentários em: "A Nova Ordem Ecológica" (2)

  1. Eh isso mesmo. Perfeita a sua definicao: os ecofascistas sao um subgrupo da esquerda festiva. Ide retro!

    Curtir

  2. Muito interessante.
    Tentarei ler esses livros.Você sabe se eles são encontrados com facilidade em qualquer livraria??

    A, e só um complemento, se me permite: boa parte dos verdes não tenta esconder a ligação de Hitler com a ecologia, infelizmente.Eles na verdade elogiam e se inpiram no mesmo.

    Na Alemanha então, a cada 10 dos vegetarianos mais radicais que conheci pessoalmente, uns 6 eram simpatizantes do Führer.

    Curtir

Os comentários estão desativados.

Nuvem de tags

%d blogueiros gostam disto: