Um blogue mal humorado, com aversão ao abominável modismo do "polìticamente correto" (hipòcritamente mal-resolvido). Blogue de um cético convicto, com a própria ortografia.

Baratas e piolhos – Luiz Megale

Reproduzo, a seguir, a matéria difundida pela BandNewsFM no último dia 10, pelo correspondente da emissora nos Estados Unidos.

Baratas e piolhos – Luiz Megale – BandNewsFM

Um instituto de pesquisa consultou alguns milhares de americanos para saber como anda a popularidade do Congresso dos Estados Unidos.

O resultado foi, depois de quatro anos em que deputados e senadores bateram cabeça tentando encontrar  soluções para a crise financeira, que transformaram as duas casas em um verdadeiro ringue de luta, entre republicanos e republicanos, o Public Policy Polling descobriu que apenas 9% dos entrevistados têm uma visão favorável sobre o Congresso, enquanto que 85% entendem que o trabalho dos legisladores tem sido ruim ou péssimo. Até aí nenhuma surpresa, todas as pesquisas semelhantes nos últimos dois anos encontraram resultados praticamente idênticos. Um pontinho a mais, um pontinho a menos. No máximo 12% de popularidade. Exatamente por isso desta vez o instituto decidiu adotar uma estratégia diferente, Pediu também para que os entrevistados escolhessem, em uma bateria de perguntas, entre o congresso e uma série de pessoas, animais ou conceitos considerados, digamos, impopulares.

E o resultado é interessantíssimo, aliás, eu diria que o resultado é hilário.

O congresso ficou atrás de baratas – 45 a 43 porcento. É verdade que há aí um empate técnico, mas as baratas receberam mais votos positivos.

O congresso perdeu também de lavada para piolhos – 67 a 19%.

E para o exame de colonoscopia – 58 a 31.

Também foi derrotado para vendedores de carros usados. Eles foram colocados na pesquisa e venceram o congresso – 57 a 32%.

Perderam para tratamento de canal – 56 a 32.

Congestionamentos – 56 a 34

Couve de bruxelas – 69 a 23.

Mas nem tudo foi derrota. A mesma pesquisa detectou que os congressistas ainda são mais populares que a atriz Lindsey Love, operadores de telemarketing, Fidel Castro, Ebola, laboratórios de metanfetaminas e gonorréia, Embora, 28% prefiram, segundo o levantamento, pegar gonorréia do que dar de frente com um deputado.

No momento em que se perde para piolhos, para congestionamentos, e quase perde para o Ebola, é hora de repensar.

Nos últimos quatro anos o congresso, de fato, trabalhou muito pouco e trabalhou muito mal aqui nos Estados Unidos. E parte da culpa é do presidente Barack Obama, que tem muitas qualidades mas entre elas não está o poder de articulação política. Ele não consegue dialogar nem com parte do partido democrata, o que se dirá com o partido republicano.

O congresso praticamente não andou nos últimos quatro anos, e o resultado é esse: uma derrota para baratas, para piolhos e até para o exame de colonoscopia.

Daqui a pouco vai ter deputado tomando chinelada na rua.

http://bandnewsfm.band.com.br/Colunista.aspx?COD=183

Anúncios

Nuvem de tags

%d blogueiros gostam disto: