Um blogue mal humorado, com aversão ao abominável modismo do "polìticamente correto" (hipòcritamente mal-resolvido). Blogue de um cético convicto, com a própria ortografia.

se dependesse dele…

Agora na hora do almoço,  um senhor de idade avançada, advogado aposentado, pediu para dividir a mesa comigo. Falava com ênfase no problema da criminalidade em todo o Brasil, no descaso do(s) governo(s) com questões básicas como a saúde, a educação, o poder exagerado dos banqueiros, que “compram”  garotos-propagandas do futebol, a manipulação das informações pelos meios de comunicação, etc.. Falava com desprezo dos anos do governo militar, e tudo o que tivesse ocorrido entre Getúlio Vargas e Itamar Franco (exceção a João Goulart, presumo). Adorava rechear os comentários com cifras de “quanto custou”, “quanto ganha”, etc..

O que mais me chamou a atenção foi que em nenhum instante ele sequer olhou (muito menos agradeceu) as funcionárias que trabalham no restaurante.

Vê-se no comportamento do grande “democrata” que, se dependesse dele, a escravidão seria restaurada “ontem”, para o bem dos direitos dos “intelectuais”.

Nuvem de tags

%d blogueiros gostam disto: