Um blogue mal humorado, com aversão ao abominável modismo do "polìticamente correto" (hipòcritamente mal-resolvido). Blogue de um cético convicto, com a própria ortografia.

Sei lá quantas vezes já comentei sobre a farsa da nossa “constituição cidadã”, redigida por um congresso que foi travestido de poderes constituintes pelo presidente da época, legislou em causa própria (sobretudo em causa dos partidos políticos e de alguns poucos grupos de lobistas que tiveram acesso aos constituintes), tiveram como relator um dos cabeças da OAB, o então deputado (e depois ministro “collorido” Bernardo Cabral), fizeram regulamentações sobre tudo o que a física não lhes impedia, e terminaram enfiando goela abaixo do povo um dos textos mais prolixos e confusos que já foram feitos na esfera do direito, por isso mesmo repleto de emendas e de interpretações.

Já repeti isso muitas vezes. Vejo agora que esses comentários frutificaram, pois tenho encontrado em diferentes portais de notícias comentários de pessoas que pedem uma nova assembléia constituinte – legítima, exclusiva, formada por pessoas que não sejam políticos legislando em causa própria.

Temos de começar uma constituinte – e chegar a nova uma constituição que não venha com o obsceno rótulo de “cidadã”, quando os cidadãos nunca participaram de sua elaboração, e nunca foram “convidados” a referendá-la.
Uma constituição que defina que os projetos de emenda popular têm de ser analisados com prioridade, e que sejam votados sem os “frankensteins” que os tornam iníquos, como foi o caso da ficha limpa.
Uma constituição que defina que o voto é um direito, como ocorre em países desenvolvidos, e não uma obrigação passível de punição em caso de falta.
Uma constituição que extinga o político profissional.

Abrace essa causa. Compartilhe.

Anúncios

Comentários em: "Assembléia Constituinte – legítima e autêntica, não um travesti do congresso" (3)

  1. […] é esta constituição que querem “reformar”, e é este modelo de “constituinte” que querem nos dar – outra […]

    Curtir

  2. […] 25 anos em que foi implantada a ditadura dos partidos políticos e dos conchavos dos três phoderes com órgãos não estatais, como a OAB e as […]

    Curtir

Os comentários estão desativados.

Nuvem de tags

%d blogueiros gostam disto: