Um blogue mal humorado, com aversão ao abominável modismo do "polìticamente correto" (hipòcritamente mal-resolvido). Blogue de um cético convicto, com a própria ortografia.

A filosofia do beijinho no ombro

Já disse que o mundo acabou e não nos avisaram.

Uma questão da prova de filosofia de uma escola pública do Distrito Federal provocou polêmica. No teste para alunos do terceiro ano do Ensino Médio, o professor refere-se à funkeira Valesca Popozuda como uma grande pensadora contemporânea e pede para os estudantes completarem um dos trechos da música ‘Beijinho no Ombro’.

1017157_616266778455003_5643577349083391460_n_586x422

Vi o clipe da música e até achei engraçado (o clipe, não tanto a música), mas dizer que isso é “pensamento”, para ser objeto de questão em prova de filosofia, é tripudiar da cara de todos os brasileiros.

Ainda há gente que insiste no discurso batido e surrado de que “a educação vai melhorar o país”.
Não enquanto tivermos esses educadores com segundas, terceiras e quartas intenções, que só lêem cartilhas doutrinárias e orelhas de livros. Os professores dogmáticos e preguiçosos. Os que preferem nivelar por baixo a população.

Pois é, Aristóteles ganhou uma companheira “de peso” .

Anúncios

Comentários em: "A filosofia do beijinho no ombro" (6)

  1. Em alguns jornais querem definir essa questão na prova como uma ironia do professor. Se fosse isso, ele já teria dito na primeira entrevista. Ele faz parte sim do grupo de esquerdizantes interessados no quando pior, melhor.

    Curtir

  2. Não é que ele foi dizer que queria fazer debate? Em questão de múltiplas alternativas? Conta outra! IncomPeTente!

    Curtir

  3. Responderam-me também que isso é uma grande injustiça com filósofos mais antigos e tradicionais, como Pelé e xuxa…

    Curtir

  4. […] o filósofo José Simão (mais filósofo do que popozudas), ambientalistas se definem por terem um discurso para cada […]

    Curtir

Os comentários estão desativados.

Nuvem de tags

%d blogueiros gostam disto: