Um blogue mal humorado, com aversão ao abominável modismo do "polìticamente correto" (hipòcritamente mal-resolvido). Blogue de um cético convicto, com a própria ortografia.

palavras, de novo

Será que dá para as “peçonhas” descobrirem palavras diferentes de “incluso”, “diferenciado’, …  … ?

E que não se diz “protocolizar”?

Meus ouvidos estão cansados desse lixo cultural, tão disseminado naziskola.

Para quem não está acostumado com o blogue, pode clicar nessas etiquetas palavras e dicionário, que aparecem no final deste texto, para verem alguns dos vários artigos que já incluí ao longo destes últimos 6.300 anos em que tenho reclamado.

Cada dia sinto mais saudade de dona Sílvia, a professora de Francês, de dona Irene e de “seo” Reinaldo, professores de Português, de “seo” Hernani, professor de Latim (fraco como professor de Inglês), de dona Celeste, professora de Literatura. Professores do tempo em que nas escolas públicas (onde estudei) sabiam dar aulas, e ao mesmo tempo desconheciam as greves. E, olhem só que aberração: os alunos que não estudassem tinham de repetir o ano letivo! Uma verdadeira afronta aos direitos humanos dos animais irracionais que hoje em dia infestam o planeta.

Por favor, deus Hélio, deixe logo o Sol cair sobre a Terra. Nos últimos 40 anos, o planeta tem se tornado um lugar execrável, insuportável!

Anúncios

Comentários em: "palavras, de novo" (2)

  1. É mesmo uma luta insana e sem perspectivas de vitória… Eu também tenho saudades das minhas professoras, D. Maria, D. Sílvia, D. Edwiges, Sr. Cardoso – gente de primeiríssima linha.

    Curtir

  2. […] que saudade de dona Sílvia, dona Celeste e outros que professores que anteriormente […]

    Curtir

Os comentários estão desativados.

Nuvem de tags

%d blogueiros gostam disto: