Um blogue mal humorado, com aversão ao abominável modismo do "polìticamente correto" (hipòcritamente mal-resolvido). Blogue de um cético convicto, com a própria ortografia.

Velharada asquerosa

Fu​i ontem a uma agência bancária, para fazer a comprovação de que continuo vivo e mereço receber os proventos de aposentadoria.
Estava sendo atendido, quando uma bicha velha chegou esbravejando, na mesa onde eu estava sendo atendido, para dizer que “tinha atendimento prioritário” e o fulano da mesa ao lado não o tinha chamado.

A funcionária disse que já o chamaria.
Ele voltou e reclamou de novo.

Eu, discretamente, com tom de cantor de ópera, disse:

EU TAMBÉM TENHO ATENDIMENTO PREFERENCIAL, E O SENHOR ESTÁ ATRAPALHANDO MEU ATENDIMENTO.
SENTE-SE E AGUARDE.
CUMPRA SEUS DEVERES ANTES DE RECLAMAR SEUS DIREITOS.

A tiazona sentou, acanhada, e a moçoila continuou a fazer meu recadastramento.
Ela disse:
Suas palavras foram exatamente as que eu queria ter dito.
O problema cultural do Brasil só será resolvido quando houver outro povo.

Quando saí, o segurança da agência me cumprimentou.

Comentários em: "Velharada asquerosa" (3)

  1. Queria ter visto a cena. Você é meu herói.

    Curtir

  2. Muito Bem!!!! Alguém tem que segurar essa velharada que acha que é o centro do mundo. Tem aqueles que, quando as vagas de idosos estão ocupadas, se acha no direito de usar vaga de deficiente. E têm perninhas ainda boas. O que não funciona direito é a cabeça. Pelo visto, desde a infância.

    Curtir

  3. Fiquei imaginando você falando tudo isso.

    Com certeza Pavarotti diria… Bravo! Bravo!

    A grande certeza é que nascemos no país errado.

    Curtir

Os comentários estão desativados.

Nuvem de tags

%d blogueiros gostam disto: