Um blogue mal humorado, com aversão ao abominável modismo do "polìticamente correto" (hipòcritamente mal-resolvido). Blogue de um cético convicto, com a própria ortografia.

Posts marcados ‘frases’

Espírito Santo

Frase no whatsapp:

Até agora, nenhuma livraria foi saqueada no ES.

 

Anúncios

O muro de Trump

Frase no whatsapp:

Se o México deixar de enviar cocaína para os EUA durante dois meses, os próprios americanos derrubam o muro.

Filosofia de final de ano

Existem horas ruins.

Existem dias ruins.

Existem semanas ruins.

Existem anos ruins.

Mas pela primeira vez se vê que temos

um milênio ruim!

Maldito 2001.

Duvido que você “desconcorde”. Será “perca” “ditempo“.

para aqueles chatos do bom humor,
nem envio esta mensagem –
não entendem…

três pensamentos

Recebi via whatsapp esses dois pensamentos, mas não consegui aferir a autenticidade.

O economista é um homem que enuncia o óbvio de modo a tornar a obviedade incompreensível.

Alfred A. Knopf – editor americano – 1892/1984

O que é o céu senão um suborno, e o é o inferno senão uma ameaça?

Jorge Luís Borges – escritor argentino – 1899/1986

Este terceiro, anônimo, certamente é verdadeiro:

Previsão do tempo:

– Ele está passando.

as manifestações de 13 de março

Tive de rir quando li a lista de locais escolhidos para as manifestações anti-corrupção-dilma-pt no dia 13 de março.

Águas de Lindóia:  Praça Ademar de Barros – kkkkkk
Recife: os “coxinhas” se reunirão em frente à padaria de Boa Viagem – proposital  ou ato falho?
Londrina: lutará contra o conluio governos-empreiteiras na Avenida JK – santa ingenuidade, Robin.

várias cidades lutarão “pela demo-cracia” na praça Ditador Entulho Vacas.

É para rir ou para chorar?

Brésil? Ça n’est pas sérieux. 

 

O amor

O AMOR

O amor não ilumina o seu caminho.
O nome disso é poste.

O amor não é aquilo que supera barreiras.
O nome disso é gol de falta.

O amor não traça o seu destino.
O nome disso é GPS.

O amor não te dá forças para superar os obstáculos.
O nome disso é tração nas quatro rodas.

O amor não mostra o que realmente existe dentro de você.
O nome disso é endoscopia.

O amor não atrai os opostos.
O nome disso é ímã.

O amor não é aquilo que dura para sempre.
Isso é o José Sarney.

O amor não é aquilo que te deixa sem fôlego.
O nome disso é asma.

O amor não é aquilo que te faz perder o foco.
O nome disso é miopia.

O amor não é aquilo que te deixa maluco,
te fazendo provar várias posições na cama.
Isso é insônia.

O amor não faz os feios ficarem pessoas maravilhosas.
O nome disso é dinheiro.

O amor não é o que o homem faz na cama
e leva a mulher à loucura.
O nome disso é esquecer a toalha molhada na cama.

O amor não é aquilo que toca as pessoas lá no fundo.
O nome disso é exame de próstata.

O amor não faz a gente enlouquecer,
não faz a gente dizer coisas pra depois se arrepender.
O nome disso é vodka.

O amor não faz você passar horas conversando no telefone.
O nome disso é promoção da TIM, OI, VIVO, CLARO…

O amor não te dá água na boca.
O nome disso é bebedouro.

Amor não é aquilo que, quando chega,
você reza para que nunca tenha fim.
Isso é férias.

O amor não é aquilo que entra na sua vida e muda tudo de lugar.
O nome disso é empregada nova…

Lost and found

Tenho duas formas para encontrar aquilo que está “escondido”, perdido de minha vista.

A primeira é deixar de procurar, o objeto aparecerá porque vai parar de brincar de esconde-esconde.

A segunda é comprar um novo. O antigo, desprezado, tentará reconquistar teu coração. Já fiz isso algumas vezes.

O mais estranho desses objetos que as pessoas pedem a São Longuinho (ou São Longino) buscar, porém,
é que no Brasil primeiro acha-se e depois se perde.
Pois aqui se diz “achados e perdidos”, e não PERDIDOS E ACHADOS, como diria a lógica.

 

Nuvem de tags