Um blogue mal humorado, com aversão ao abominável modismo do "polìticamente correto" (hipòcritamente mal-resolvido). Blogue de um cético convicto, com a própria ortografia.

Posts marcados ‘infra-estrutura’

Uma imagem que resume toda uma estratégia

ATT00001

 

Essa imagem, que, curiosamente, foi postada por um esquerdista, mostra, com exatidão, como governa o PT.

O cidadão está no fundo do poço, mas o “intelectual” não lhe dá a escada – o meio pelo qual ele possa galgar os degraus e subir, desde que faça algum esforço.
Ao contrário, um “homem humanitário” debruça na borda do buraco, estica um braço (que nunca vai adiantar nada), e faz cena de que quer ajudar.
O “descamisado” do fundo do poço não sabe que existe uma escada logo ali. Logo, imagina que aquele homem é bom e quer ajudá-lo. Assim, aposta nele.

Quais são os meios (escadas) para aquele cidadão se salvar? São: Escola Pública de qualidade; Cursos Técnicos; Transporte; Segurança; Infra Estrutura; Economia forte; Criação de Empregos…, etc.

Mas… Quais são os jogos de cena (de mis en scène)? São: Bolsa Família; Auxílio Reclusão; Maciça propaganda; Cotas raciais…, etc. Todas as cenas, como sabemos, como verdadeiras política do “Pão e Circo”: pão (bolsa isso, bolsa aquilo…); circo (estádios glamorosos, samba e carnaval).

Enquanto isto, o País afunda!
Que se dane! O importante é o Poder estar garantido!

Anúncios

a bica de café vai subir para um euro

Segundo matéria publicada no Jornal de Notícias de Lisboa, o preço da bica de café, actualmente em 65 cêntimos de euro, poderá ter uma subida de 50%, nos próximos seis meses, em decorrência da seca no Brasil, maior productor e exportador do grão.

Com isso, estima-se que a bica de café passará a custar 90 cêntimos!!

E os nossos irmãos lusos estão pasmos, pá!

90 cêntimos de euro são R$ 2,90, ó gajo! muito menos do que cobram aqui na capital fedemal do grande productor, estás a perceber?

Não encontro lugar que cobre menos de R$ 3,00, mas em geral R$ 4,00 por xícara de um café xexelento que dizem ser grãos moídos na hora.
Café 4 FFFF – fraco, frio e com formiga no fundo!

Há uma semana, sentei-me em um lugar no Terraço Shopping e pedi, ingênuamente, um café com leite duplo e um pedaço de bolo.
Sabem quanto deu a continha? R$ 24,00!! Estás a perceber? € 7,46!!!

Aqui perto do apartamento, há uma casa que vende bolos caseiros por R$ 10,00 a unidade (R$ 12,00 os mais elaborados). Unidade eu quero dizer a peça inteira que saiu da fôrma (assadeira). Pois na quadra ao lado uma outra casa vende tortas caseiras por R$ 10,00 a fatia!!! (R$ 11,00 algumas delas). Isso parece ser a regra em todos os ramos de negócio, em todas as cidades.

Este país é mesmo uma roubalheira!

Deve ser o custo do transporte, claro, o tal custo-Brasil da infra-estrutura difícil, das estradas com pedágios altos, das ferrovias sucateadas, das hidrovias impedidas de funcionar por conta de ONGeiros, os impostos, os aluguéis, a complicada legislação trabalhistas, os juros elevados, etc.. Só isso, claro.

O custo-Brasil não pode levar em conta da GANÂNCIA do lucro-Brasil.

Que caia logo um asteróide sobre esta parte da Terra que se chama América do Sul, para salvar o resto da Via Láctea.

A África do Sul pós-Copa

O Estadão tem uma matéria sobre a África do Sul pós-Copa do Mundo.

Lógico que a máscara populista de Zuma caiu e o país volta aos problemas de sempre. Não bastaram as obras faraônicas de estádios para agradar a dona FIFA, se não é disso que o país precisa.

Tal como eu escrevi em post anterior, a África do Sul é um país em extinção, pois bastará Mandela (com seus 92 anos) e o bispo Desmond Tutu morrerem para o país se esfacelar, tal como a Iugoslávia se dissolveu após a morte de Tito. Dissolução sangrenta, o pior.

Alguns governantes, contudo, acham que podem esconder o sol com peneiras de cascalhos. Não será com piritubões que o Brasil resolverá seus problemas. Não temos a xenofobia grave, nem os problemas de conflitos étnicos (ainda – embora caminhemos para eles no futuro). Por que insistimos na tolice de desperdiçar dinheiro com circo, se temos tanta coisa mais séria para melhorar nossa infra-estrutura? Saúde, educação, transportes urbanos e inter-regionais (de carga e de passageiros), energia, segurança, combate ao tráfico de drogas, etc, etc, etc,…

Descobertas incríveis (2)

A revista The Economist publica que o crescimento do Brasil acima de 5% não é sustentável.

A Confederação Nacional da Indústria reclama que o país perde espaço mundial, pois especializa-se em produtos primários.

Descobertas óbvias incríveis.

Enquanto isso o IPEA, chapa alvíssima, gaba-se que o Braziu será a quinta maior economia do mundo na próxima década.

Ciências econômicas, a especulação da cartomancia infalível.

Nuvem de tags