Um blogue mal humorado, com aversão ao abominável modismo do "polìticamente correto" (hipòcritamente mal-resolvido). Blogue de um cético convicto, com a própria ortografia.

Posts marcados ‘islamismo’

Turquia

Onde estão aquelas pessoas que há duas semanas acusavam os militares de tentarem dar golpe para implantar ditadura na Turquia?

Ah, estão escondidas por trás de suas burcas e de suas tradições fundamentalistas religiosas…

http://g1.globo.com/mundo/noticia/2016/07/turquia-ordena-fechamento-de-dezenas-de-veiculos-de-imprensa.html

Como é boa a hipocrisia dos chavões, não é mesmo? Os hipócritas da correção política adoram.

Alguém que está no poder há mais de 12 anos é demo-crata, não é mesmo?

Golpistas são sempre os outros…

 

 

exemplo de tolerância

Sultão de Brunei anuncia que muçulmanos que celebrarem o Natal receberão cinco anos de prisão.

Isso sim é ser tolerante.

Só os bobalhões da correção política (ou hipócritas mal resolvidos) é que ainda falam que é possível conciliar óleo e água.

A distopia do livro Submissão já se realiza. Só os obamas e as merkels é que não gostam de enxergar.

http://g1.globo.com/mundo/noticia/2015/12/quais-sao-os-paises-que-proibem-o-natal.html

burcas etc. na Suíça

Não vi a notícia em nenhum site ou portal brasileiro.

Havia primeiro lido em um jornal britânico, o Daily Express, que é o oposto do Guardião dos Sindicatos,

http://www.express.co.uk/news/world/622037/Switzerland-votes-burqa-ban-fine-Muslim-women

e tentei procurar no site em português do Swissinfo (dominado por brasileiros que já foram membros da esquerda caviar, posso afirmar).
Só encontrei, porém, o link na versão italiana.
E a insiro agora.

http://www.swissinfo.ch/ita/divieto-di-dissimulare-il-viso_una-legge-cantonale-anti-burqa-con-multe-salate/41800940

Por que será que os moços da enpreimça se preocupam tanto em esconder que, em alguns lugares, a população tem se precavido contra terroristas e em defesa dos costumes locais?

Parte do bom-mocismo doentio ou a sórdida prática hipócrita da “correção política”?

Os dois, talvez.

E, só para constar, acho que multar é pouco.

Na minha casa, comporte-se com meus costumes. Não venha querer impor os teus.
Finalmente surgem pessoa que entendem esse princípio.

https://boppe.wordpress.com/2015/01/09/relembrando-certas-roupas/

https://boppe.wordpress.com/2010/07/14/a-burca-e-o-veu-islamico-na-europa-e-em-outros-lugares/

https://boppe.wordpress.com/2009/01/12/trajes-nacionais/

 

Um vídeo muito esclarecedor – Europe destroying itself

Recebi, e repasso por achar importante, vídeo sobre os refugiados que invadiram a Europa este ano.

Reparem que, aos 19 minutos, aquela senhora gorda retira do palco a bandeira de seu próprio país.

http://www.liveleak.com/view?i=8ce_1447076932

e dá-lhe multiculturalismo!

Qualquer “semelhança” com movimentos “sociais” aqui no Brasil não é mera coincidência.

Jovens europeus que parecem os mesmos alunos que invadem e depredam as próprias escolas no Brasil, dando vivas ao invasor.

Esquerda festiva que não sabe o tamanho do buraco que cavou.

 

Putin fala sobre o ISIS

Ausência

Tenho me ausentado de comentários aqui no blog.

Também, com o nível de futilidades e de mentiras que “tsunameia” o mundo!

Prêmio Ignóbil da Paz para sindicatos, advogados, e outros que-tais, que são “louvados” porque hoje em dia a Tunísia é um lugar inseguro para mulheres sem véu, para turistas, para visitantes de museus, e que serviu de “exemplo” para o “priminferno árabe” que depois assolou Líbia, Egito, e destrói Síria e Iêmen.

Ou, corrup$$ão em todos os níveis de podrer no Brasil.
O bom é que hoje em dia assassinato de prefeitos (e ex-prefeitos) tem se tornado rotina. A escola de aprendizes vai sendo solapada. Um dia estaremos livres desse entulho autoritário da demagogia. É só esperar mais uns 200 anos.

A falta de assuntos relevantes é tão grande, dada a repetição dos fatos, que é melhor apenas olhar de longe.

Os refugiados que chegam na Europa

De repente, por conta da foto de uma criança morta, parece que houve comoção mundial com relação ao assunto “refugiados” que fogem diariamente da África e do Oriente Médio, em busca do refúgio que lhes garantirá as benesses do welfare state em países europeus.
Milhares de outros refugiados também fazem aventuras no Sul e Sudeste da Ásia, em direção à Austrália, mas não ganharam ainda a atenção de todo o mundo.

MAS, PORÉM, TODAVIA, CONTUDO, ENTRETANTO, faço duas perguntas:

  1. alguém lembra que foi dona hilária, aquela senhora que postula a candidatura à presidência dos Estados Unidos, que sob a égide de Barraca de Obaoba, fez a bagunça política que destruiu a Líbia e a Síria (e a Tunísia, o Egito, …), e solidificou a barbárie que já imperava em outros países, como Afeganistão, Iraque, territórios palestinos, Sudão?  Exército Islâmico (ISIS) e Boko Haram surgiram depois que as delicadas patas de dona hilária intrometeram-se em diversos países.
  2. alguém questiona a posição dos países ricos em petróleo (Arábia Saudita, Barém, Kuaite, Catar (Al Jazira), Emirados Árabes Unidos (Dubai e AbuDhabi) ? Um jornal inglês indagou por que esses países não receberam nem unzinho refugiado sírio, iraquiano, palestino, etceterino (africanos muçulmanos), quando autoridades desses países dos reis e emires declararam que aceitar esses refugiados poderia enfraquecer a segurança nacional, dada a alta probabilidade de haver terroristas disfarçados no meio dos refugiados.

Como é sabido que esses países financiam esses grupos de radicais terroristas – não oficialmente, é claro, mas por meio de “doações” dos milionários locais…
Desse modo,

Por isso, surge a hipótese: os países árabes que não recebem seus “irmãos” que buscam refúgio devem saber a razão da atitude pouco generosa no diz respeito a ajuda humanitária.
Ao menos poderiam ter o cinismo de contribuir financeiramente aos países europeus, para alojar os refugiados de quem eles querem manter distância.

Nuvem de tags