Um blogue mal humorado, com aversão ao abominável modismo do "polìticamente correto" (hipòcritamente mal-resolvido). Blogue de um cético convicto, com a própria ortografia.

Posts marcados ‘jornais’

caradelivro

Curioso, jornais publicam assustados que o marcus montedeaçúcar não consegue convencer nas respostas ensaiadas que dá ao congresso americano, sobre vazamento de dados e quebra de privacidade, mas esses mesmos jornais exigem que os leitores façam log-in no caradelivro para poder acessar a área de comentários.

Será que não perceberam ainda a contradição?

Claro que não. Apenas pensam em vender nutiças

Sensacional!

Anúncios

Temas que se entrelaçam

A ex-presidente da Coréia do Sul foi algemada e começou a cumprir a pena de 24 anos de prisão a que foi condenada por “tráfico de influências”.

Os jornais brasileiras destacam que seus colegas em outros países deram ênfase na condenação de um dos ex-presidentes brasileiros que merece a mesma pena.
Só que publicam sempre os mesmos, aqueles que têm correspondentes no Rio de Janeiro ou em São Paulo.
Não sabem dizer o que estão em importantes jornais como Le Figaro, El Mundo (Madrid), La Nación (Buenos Aires), Die Welt (Berlim), …

Um importante corrupto da social-democracia brasileira também foi preso.
Faltam os outros.
Inclusive os do podre judiciário.

Ah, enquanto isso, outros ex estão sendo processados em todo o mundo. França, África do Sul, Peru, …
A estação de caça aos ex-presidentes está aberta.

 

Queria ser dono de jornal

Queria ser dono de jornal.
Um jornal diferente.
Um jornal que não colocasse na primeira página manchetes como:

  • jogador de futebol tingiu o cabelo
  • a vida çequissuau duzartista da casa mais vigiada do país
  • famosa cantora desconhecida passa férias em ilha paradisíaca do outro lado do mundo
  • torcedores fanáticos customizam automóveis
  • saiba onde comer bolinho de bacalhau
  • morre atriz pornô
  • aberto concurso para concurseiros fracassados
  • remédios florais para pets
  • casal cria fábrica de geléias
  • vocalista diz que já perdeu as contas de quantas vezes se apresentou em festival
  • Kardashian en ropa interior para Calvin Klein
  • Woman coughs so hard she breaks rib
  • 130 000 dollars pour voir l’épave du Titanic
  • Amore tra principessa indù e sultano islamico scatena ira delle donne
  • Luxurious mansions you can stay in
  • The season’s sweetest hot chocolates
  • Mit dieser App siechern Sie sich vor dem Sex rechtlich ab

Não inventei nenhum. Todas essas manchetes estão hoje nos sites de jornais de quase todo o mundo.
Apenas dei a elas uma redação mais elaborada, em alguns casos.

Será que isso tem alguma relação com a infantilização e com a imbecilização geral da sociedade?
Esses assuntos merecem de fato o destaque que lhes é dado pela enpreimça?
Duvido que as pessoas que conheço também não preferissem outro tipo de notícias com que se ocupar.

 

 

 

 

boatos e fake news

Duas “notícias” internacionais ocupam a infernet, movida por jornalismo que não checa, APENAS busca cliques e audiência, que agrada anunciantes.

Uma foi a busca da menina Frida Sofía, que nunca existiu, e ocupou o tempo de pessoas e de voluntários nos escombros de escola atingida pelo terremoto no México desta semana.

Outra foram os vários jornais que, seguindo o site de O Bobo, noticiaram que uma milionária britânica havia sido encontrada vivendo como moradora de rua em Milão, Itália.

Dê um google no nome da milionária. Só haverá respostas em sites tupinambás.
Em jornais italianos, Corriere della Sera e La Repubblica, nem vestígio de tal mentira.

Será que as pessoas não nada mais interessante com que ocupar o tempo – deles e dos outros?

A infernet tem prejudicado demais a veracidade dos fatos.
No jornais de papel essas aberrações eram bem menos freqüentes, e quando surgiam eram nos Notícias Populares e similares. Hoje em dia, tudo se nivelou por baixo.

 

a enpreimça

Sempre reclamei aqui da chamada enpreimça brasileira.

Só que ela tem piorado.

Os principais jornais e revistas eståo em um nível nunca antes imaginado.
A maioria das manchetes contêm apenas fofoquinhas de pseudo-famosos da televisåo e seus namoros.

A parte política é um amontoado de clichês de estudantes em assembléia.

A falta de revisåo e as incoerências encontráveis em cada artigo superam boa parte dos leitores.
Traduçøes muitas vezes nåo fazem sentido.

A cada dia encontro menos prazer em algo que até alguns anos (uns 30, a bem dizer) ainda tinha significado.

Stanislaw Ponte Preta havia escrito, em 1966, o Febeapá – Festival de Besteiras que Assola o País. Se estivesse vivo agora, sem dúvida ele choraria ao constatar que tudo o que é ruim sempre pode piorar.
Hoje em dia, a enpreimça brasileira é o caminho mais rápido para o emburrecimento.

 

 

cem anos de solidão

img-20170224-wa0000

 

a truculença da puliça

ai, mais uma vez a falha uó faz matéria para falar da truculença da puliça.

http://noticias.uol.com.br/cotidiano/ultimas-noticias/2016/11/11/em-10-anos-policia-do-rj-mata-quase-o-dobro-da-policia-de-todos-os-eua.htm#comentarios

esse peçonhalzinho não repara que ninguém mais dá crédito a esses defensores de bandidos,

que a enpreimça não é mais vista como formadora de opinião, mas como deformadora de valores,
é só ver os comentários dos leitores que ainda perdem o tempo lendo esse tipo de site de notícias

coitadinhos dos bandidos, coitadinhos dus deretchus dus manu, coitadinhos dos gehornallyztas que compactuam com os traficantes…

vai, capo, posta logo teu comentário, posta o que você herda da famiglia.

 

Nuvem de tags