Um blogue mal humorado, com aversão ao abominável modismo do "polìticamente correto" (hipòcritamente mal-resolvido). Blogue de um cético convicto, com a própria ortografia.

Posts marcados ‘indenização’

Indenização a antigos escravos

Fuçando arquivos velhos, encontrei este  artigo da revista Nossa História, nº 31 (maio 2006), página 71, que publicou carta de Isabel Cristina Leopoldina Augusta Micaela Gabriela Rafaela Gonzaga, a Condessa d’Eu, mais conhecida por nós, na intimidade, como Princesa Isabel.

 

“11 de agosto de 1889 – Paço Isabel

Corte – midi

Caro Senhor Visconde de Santa Victória

Fui informada por papai que me collocou a par da intenção e do envio dos fundos de seo Banco em forma de doação como indenização aos ex-escravos libertos em 13 de Maio do anno passado, e o sigilo que o Snr. pidio ao prezidente do gabinete para não provocar maior reacção violenta dos escravocratas. Deus nos proteja si os escravocratas e os militares saibam deste nosso negocio pois seria o fim do actual governo e mesmo do Imperio e da caza de Bragança no Brazil. Nosso amigo Nabuco, além dos Snres. Rebouças, Patrocínio e Dantas, poderam dar auxilio a partir do dia 20 de Novembro, quando as Camaras se reunirem para a posse da nova Legislatura. Com o apoio dos novos deputados e os amigos fiéis de papai no Senado será possivel realizar as mudanças que sonho para o Brazil.

Com os fundos doados pelo Snr. teremos oportunidade de collocar estes ex-escravos, agora livres, em terras suas proprias trabalhando na agricultura e na pecuaria e dellas tirando seus proprios proventos. Fiquei mais sentida ainda ao saber por papai que esta doação significou mais de 2/3 da venda dos seos bens, o que demostra o amor devotado pelo Snr. pelo Brazil. Deus proteja o Snr. e toda a sua familia para sempre!

Foi comovente a queda do Banco Mauá em 1878 e a forma honrada e proba, porém infeliz, que o Snr. e seu estimado sócio, o grande Visconde de Mauá aceitaram a derrocada, segundo papai tecida pelos ingleses de forma desonesta e corrupta. A queda do Snr. Mauá significou huma grande derrota para o nosso Brazil!

Mas não fiquemos no passado, pois o futuro nos será promissor, se os republicanos e escravocratas nos permitirem sonhar mais hum pouco. Pois as mudanças que tenho em mente como o senhor já sabe, vão além da liberação dos captivos. Quero agora dedicar-me a libertar as mulheres dos grilhões do captiveiro domestico, e ísto será possível atravez do Sufrágio feminino! Si a mulher pode reinar também pode votar!

Agradeço vossa ajuda de todo meo coração e que Deos o abençoe!

Mando minhas saudações a Madame la Vicomtesse de Santa Victória e toda a família.

Muito de coração

Isabel”

 

Pois é, Isabel Cristina de Bragança, Orléans pelo casamento com o Conde d’Eu, pensava em indenização aos ex-escravos (coisa de que agora falam amiúde), em reforma agrária (até hoje não feita) e em reforma política (inclusive com o voto feminino, que só veio a ser implantado no Brasil em 1932).

Como ela mesma apontava, “se os republicanos, escravocratas e militares” soubessem dos planos da Princesa, acabaria aquele governo.

E não por acaso, cinco dias antes de iniciar uma nova legislatura, o que ocorreria em 20 de novembro de 1889, a quartelada depôs o governo e instituiu a “república”, aristocrática, corrupta, oportunista, positivista, atrasada e tudo mais.

Ainda não superamos este trauma.

E ainda vamos passar muitos anos mais no atraso.

Ah, mas não ficou só nisso, além de terem impedido as medidas modernizantes que Isabel queria implementar no país, é comum que se lance a ela a pecha de ter atirado à rua os escravos libertos, enquanto louvamos como “herói” um outro cidadão, que destruiu os documentos.
Já vi comentário de um “cidadão” de que “não há provas disso”.  Pois é, se literalmente houve queima de arquivo, como pode haver as tais provas?
Queimar papel é mais grave do que apagar disco rígido de computador…
Aliás, sobre esse “herói”, ouvi relatos interessantes de neto de uma pessoa que, no comércio do antigo Rio de Janeiro, levou calotes do grande “jurista”. E ainda usam o nome do herói como exemplo de ética…

Fora outros “teóricos” que gostam de caluniar Pedro II, dizendo que ele “traiu” Mauá.
Isso fica para outro post.

Quanta lavagem cerebral que temos de tolerar nos tempos da “idade da informação”.
Quanta deformação!

Em tempo: leiam o artigo sobre o templo positivista que inseri no link, uns parágrafos acima.
Serve para dar uma “refrescada” sobre o quanto era “positivo” o pensamento de Augusto Comte…

 

 

 

 

Anúncios

aquele avião

Aquele avião que caiu em Santos, em agosto de 2014, ainda vai dar muito o que falar. Não bastará  essa etapa da “Operação Turbulência“.

Não são apenas os proprietários que nunca apareciam, mas também as causas que provocam sua queda, e a morte de um dos candidatos a presidente naquele ano.

Como sei que há leitores que querem notícias “concretas”, sugiro que aguarde os acontecimentos. Às vezes é necessário ter um pouco de paciência.
O eco-terrorismo é muito pior do que supõe a vão filosofia.

 

A vida no paraíso

Na segunda-feira da semana passada, de manhã, romperam, para roubar, cabo da rede elétrica que serve o prédio, o que provocou seguidos picos de energia e oscilações.  Meu computador – tudo – no-break, régua, modem, e o próprio Mac, foram para as cucuias.
Em outros apartamentos, objetos elétricos e eletrônicos foram se arruinando em dias seguidos.
Na sexta-feira à tarde, os inúteis sindicalizados da Companhia de Energúmenos de Brasília (CEB) veio arrumar.
Rapidez né?
Isso porque um morador, que por acaso trabalha no desgoverno do Detrito Fedemal, foi lá e ameaçou com AK-47 para os caras virem arrumar o estrago.
 
Não me venha com a conversa de que a CEB indenizará os prejudicados. Isso é conversa mole, igual a tantas outras. Pode funcionar em Estocolmo, mas na capital que fedemal do braziu isso é lenda.inter
 

Durante esse período, tive de me ajeitar com lugares aqui perto onde há wi-fi para clientes!
Agora descubro que minha conta g-pela-metade (Gmail) foi clonada e receberam “de mim” mensagens que nunca escrevi. Algumas que me enviaram, nunca recebi.

Se você mora em outro país, não volte para cá!
Mude-se para Alepo, Homs, Damasco ou Palmira, que lá as coisas funcionam melhor do que aqui.

 

Ainda há gente que diz que bra3ylha é a ilha da fantasia. Coisa de jornalista que nunca foi além do aeroporto e da ex-planada dos mistérios / praça dos três phoderes.

Fora que não sei o que acontece com o lixo deste site que hospeda o blog, que não faz a formatação das linhas que coloco na redação do texto!!!
LIXO!!!! 

Indenização, algum dia

Escrevi três vezes sobre o assunto aqui:

https://boppe.wordpress.com/2014/08/14/indenizacao/

https://boppe.wordpress.com/2014/08/22/e-a-indenizacao/

https://boppe.wordpress.com/2014/08/27/a-indenizacao-virou-tema/

E agora leio:

PSB é condenado a pagar R$ 10 mil mensais a afetado por acidente de Campos

Bem, mas claro que isso é decisão em primeira instância; haverá trocentos zilhões de recursos, e a decisão final será adiada até o fim dos terráqueos bípedes desplumados.

A indenização virou tema

Falei duas vezes da indenização às pessoas que foram prejudicadas com o acidente de avião que não tem dono nem explicação, em Santos, no dia 13, e agora parece que os comentaristas políticos se deram conta de que o assunto é grave.

Espero que isso seja muito bem examinado.

E que a conta não sobre para nós, cidadãos.

E a indenização?

Como eu tinha escrito há alguns dias, e a indenização pelos prejuízos do acidente de avião em Santos, com quem fica?

Naquele famoso joguinho de “empurra”, ninguém é dono do avião, e ninguém quer assumir a responsabilidade pelo pagamento das indenizações para os imóveis que foram danificados – prejuízos de alguns “poucos” milhões de reais.

Seguradora alguma se manifesta.

Que tal o partido que pediu emprestado a aeronave para levar seu candidato assumir a responsabilidade?

Dinheiro de campanha certamente não deve faltar. Devem sobrar bem mais do que uns reles um ou dois milhões de reais para campanhas demagógicas em nome da canonização.

Meu voto esse partido, mais um explorador de tragédias, não terá, pois além dessa inequívoca demonstração de falta de respeito com os eleitores, falta também respeito com as leis do país no que se referem a registro de aeronaves (ou “empréstimos” delas)  e a assumir os prejuízos que provocam.

Indenização

Reviro os sites e não encontro nada sobre o pagamento de indenização às vítimas do acidente com um jatinho em Santos.
Quem teve a casa destruída não é lembrado nem pelos usineiros que financiavam a campanha, nem pelo partido “socialista”.
Nenhum jornalista fala sobre isso. Apenas querem fazer o “coitadismo santificador pós-defunção” de sempre, para seus patrões venderem anúncios. (Empresas de enpreinça existem mesmo para isso: balcão de anúncios.)
Não duvido que um “socialista” desses quaisquer venha com um projeto de lei, que será aprovado “em regime de urgência”, para que a indenização seja paga pelo tesouro nacional.
Isso se ainda não decidirem fazer um monumento no local, com desapropriações pagas pela prefeitura local (e dinheiro dos impostos dos munícipes). Assim é u braziu…

Nuvem de tags